"Direito LGBT é Superior aos Direitos Cristãos"

Província de Ontário diz que Direitos LGBT São Superiores aos Direitos de Pais Cristãos


Direito LGBT

A província de Ontário, no Canadá, aprovou uma lei “totalitária”, que permite ao governo retirar crianças de seus pais. A lei é um risco para os lares com base cristã, onde pais acreditam que gênero é atribuído por Deus.

Defensores pró-família advertiram que essa lei dá ao Estado mais poderes para retirar crianças de famílias que discordam dos interesses LGBT.

O site LifeSiteNews.com relata que as agências governamentais irão permitir o banimento a casais que discordem de assuntos como criação ou adoção de crianças.

O Projeto de Lei, também conhecido como “Estatuto de Suporte às Crianças, Jovens e Famílias, 2017”, revoga e substitui a antiga “Lei de Assistência à Criança e à Família”, que regula serviços de proteção à criança, e os serviços de adoção e acolhimento.

"Identidade de gênero" e "expressão de gênero" devem ser considerados “em favor dos interesses da criança”.

O Projeto Lei ignora completamente a religião e crença dos pais, e ordena que os serviços de proteção à criança considerem apenas a "crença" ou "religião" da própria criança, ao observar o que seria melhor para ela.

"Com a aprovação do Projeto de Lei 89, nós adentramos em uma era de poder totalitário do Estado, como nunca visto antes na história do Canadá", afirma Jack Fonseca, estrategista político sênior da Aliança Campanha pela Vida.

E adiciona: “não se engane, esse projeto de lei é uma grave ameaça aos cristãos e pessoas de fé que têm filhos, ou que esperam aumentar suas famílias através da adoção”.

O site ainda afirma que o Ministro da Assistência da Criança e da Família, Michael Coteau, disse que, se for dito à uma criança que ela deve deixar de ser transgênero, isso deve ser considerado abuso infantil.

“Eu consideraria uma forma de abuso, quando uma criança que se identifica de uma forma e seu tutor diz “não, você precisa ser diferente”, diz Michael Coteau.

"Se isso é abuso, e se está dentro da definição legal, a criança pode ser removida do ambiente e relocada em segurança para onde o abuso cessará".

Jack Fonseca afirma que a polícia poderá arrombar sua porta se você não permitir que seu filho seja gay ou transgênero.

As Agências de Assistência à Infância também têm agora "um tipo de poder policial para derrubar a sua porta e apreender seus filhos biológicos, se você for reconhecido como contrário à ideologia LGBT e à fraudulenta teoria de ‘identidade de gênero’, se, por exemplo, alguém afirmar que seu filho possa estar atraído por alguém do mesmo sexo ou esteja confuso sobre seu ‘gênero’”, disse Fonseca.

Jack Fonseca diz saber que vários casais que foram rejeitados para adoção por suas crenças religiosas sobre tradição e sexualidade.

Ele argumenta que a falta de liderança cristã está destruindo o país.

"A falta de liderança espiritual está nos matando. Todas as vezes que os liberais, seja no âmbito federal ou nas províncias, inventam alguma baboseira LGBT para tirar nossos direitos, ou para nos tratar como intolerantes, não ouvimos nada além de silêncio da parte da igreja. Isso tem que acabar."

Tradução: Vanessa Silveira